SÃO FRANCISCO PARTICIPAPA DO DIA MUNDIAL DA LIMPEZA

HISTÓRIA DO DIA MUNDIAL DA LIMPEZA

A ideia de um Dia Mundial da Limpeza veio depois de uma ação que tomou forma na Estônia, em 2008. Mais de 50 mil pessoas se uniram para fazer a limpeza de todo o país, que durou cinco horas. O efeito foi tão grande que o lixo jogado ilegalmente em terrenos baldios diminuiu 75% em toda a Estônia.

Não demorou para a notícia dessa ação se espalhar e inspirar todo o mundo. Foi assim que surgiu a ideia de fazer um evento anual ao redor do planeta. Afinal, todos os países são afetados pelo desperdício e alta produção de resíduos.

O World Cleanup Day, ou Dia Mundial da Limpeza, logo começou a fazer parte do calendário de diversos países. Com o trabalho de diversas ONGs ligadas à causa da sustentabilidade, se tornou a maior ação de limpeza do planeta.

No ano passado, por exemplo, foram mais de 17 milhões de pessoas envolvidas em mais de 150 países. Foram 36 horas de ações, começando no sul do oceano Pacífico e terminando no Havaí, nos Estados Unidos. A limpeza de 2018 ainda teve de enfrentar seis ciclones tropicais, guerras, conflitos e outros desafios.

Outra meta da ação é ultrapassar barreiras. Sejam elas físicas ou ideológicas, o evento quer desafiar as diferenças e unir diversos grupos com um único objetivo: a limpeza do nosso planeta.

O Dia Mundial da Limpeza no Brasil

O Brasil também está envolvido no movimento de limpeza. Existem duas equipes nacionais relacionadas com o Dia Mundial da Limpeza: o Instituto Limpa Brasil e o projeto Teoria Verde. Além dessa ação, eles estão envolvidos em diversos projetos relacionados a sustentabilidade e educação ambiental.

Atualmente quase todos os estados brasileiros estão engajadas com a causa do Dia Mundial da Limpeza. No ano passado foram 363 cidades com mais de 100 mil participantes, que recolheram duas mil toneladas de resíduos em praias, rios, ruas, estradas, parques e cachoeiras. A meta brasileira para este ano é envolver mais de mil cidades e 500 mil pessoas.

Absolutamente todo mundo pode participar, basta se cadastrar no site do Limpa Brasil. Você pode, inclusive, liderar um movimento na sua cidade ou bairro, caso não conste na lista de participantes. Quanto mais gente envolvida na causa, melhor!

Fotos: Márcia Jacomassi