A Vigilância Sanitária do município de São Francisco por sua profissional Patrícia Gambarato e a profissional Márcia Jacomassi da IEC (Informação, Educação e Comunicação) apresenta a Semana Estadual de Prevenção a Leishmaniose Visceral que teve início na segunda-feira (09/agosto) e irá até sábado (14/agosto/21).

O objetivo da Semana da Prevenção e Combate a Leishmaniose é orientar a população sobre a doença e seus meios de transmissão.

A leishmaniose visceral é uma doença grave para os cães domésticos, causada por um protozoário é transmitida através do mosquito palha.

“É muito importante deixar que os animais sejam testados para que o tratamento correto seja iniciado”.

A prevenção só depende a conscientização da população sob a necessidade de cada um cuidar da saúde dos seus animais, impedindo assim a proliferação do mosquito palha. Para isso é necessário que mantenham os quintais limpos, evitar o acúmulo de matéria orgânicas nos quintais, não se esquecer de embalar bem o lixo para descarte, manter o local de seu animal sempre limpo e bem cuidado, usar coleiras e repelente de mosquitos nos animais e evitar passeios a partir do anoitecer, porque é nesse período que o mosquito age.

É importante ressaltar que há tratamento para leishmaniose visceral em humanos, ele é gratuito e está disponível através do SUS (Sistema Único de Saúde).

SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE

GOVERNO MUNICIPAL (2021/2024)

SÃO FRANCISCO – NOVOS TEMPOS